Ver todos >

“Dia Academia deCode” anima Parque Tecnológico

Imagem cartaz_Dia Academia deCodeÉ a primeira iniciativa do género na região e vai apresentar, ao vivo, aquilo que os alunos do projeto deCode – Academia de Programação e Robótica têm estado a aprender e a materializar, no decorrer das suas aulas.

No próximo dia 27 de junho, no âmbito do “Dia Academia deCode”, e numa iniciativa que será aberta à comunidade, o Óbidos Parque – Parque Tecnológico de Óbidos acolhe diversas atividades dedicadas à Programação e à Robótica, e que vão envolver mais de uma centena de crianças e jovens.

O ensino destas disciplinas é “uma agenda que temos vindo a trabalhar nos últimos anos e por isso queremos abri-la à população”, explica Miguel Silvestre, diretor executivo do Óbidos Parque, a propósito deste evento que vai decorrer na praça dos Edifícios Centrais.

“Vamos ter atividades muito simples que vão mostrar como funcionam os robôs, podendo contar-se com batalhas, corridas, e com outras demonstrações”. “Estamos a preparar um mini-estádio que será palco de uma batalha de ‘Sumo Robots’, robôs esses construídos aqui no parque pelos alunos da academia e com recurso a algumas peças produzidas nas nossas máquinas”. “É uma forma simples de mostrarmos aquilo que estão a aprender, mas também de marcarmos o encerramento da 3ª edição da academia e o arranque da próxima”, sublinha o mesmo responsável.

Uma das particularidades deste evento será a ligação que vai estabelecer-se entre gerações: de um lado as crianças e os jovens, do outro os seniores do programa municipal Melhor Idade que frequentam as aulas de Informática no parque tecnológico, e que serão os “repórteres do dia”.

“Queremos juntar estas gerações em torno de um bem comum que é o futuro, e de temas que não servem só os mais jovens”, acrescenta Miguel Silvestre. “Não faz sentido termos hoje jovens altamente preparados para o mundo digital, e depois percebermos que uma grande percentagem da nossa população não está sequer familiarizada com um computador”.

Sobre o deCode – Academia de Programação e Robótica

O deCode é um projeto educativo destinado a alunos dos 6 aos 18 anos que tenham interesse em construir jogos, animações interativas, ou outras aplicações multimédia.

Liderado pelo Parque Tecnológico e pelo município de Óbidos, em parceria com o Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos, tem como objetivo reforçar o ensino de disciplinas ligadas às áreas do futuro (engenharias, Programação Informática, Análise de Dados, etc.), potenciando, ao mesmo tempo, o desenvolvimento de competências e a aquisição de conhecimentos transversais a disciplinas como a Matemática, a Físico-Química, a Eletrónica ou a Mecânica.

“Com a transformação da economia, urge preparar o melhor possível as nossas crianças e os nossos jovens para uma nova realidade, altamente digital e tecnológica. O deCode tem justamente essa missão”, afirma Miguel Silvestre.

De referir que Óbidos assumiu o pioneirismo no ensino da programação para crianças e jovens através deste projeto, que soma mais de duas centenas de participantes.

 

Grupo de alunos polacos em estágio no Parque

IMG_20180604_103334Vêm da Polónia, e vão estar com quatro das nossas empresas até ao final do mês de junho. Este grupo de alunos da área de IT chega-nos pela mão do Europejskie Forum Mlodziezy, uma ONG que desenvolve inúmeras iniciativas destinadas a envolver e a ativar jovens que habitam em zonas com dificuldades de mobilidade social e empregabilidade.

Durante a sua permanência no parque, estes alunos vão absorver conhecimento e perceber como funcionam as empresas MakeWise, Impactwave, Porter - Smart keyless system e INM – Innovation Makers.

Os estágios que agora começam fazem parte do projeto “Youth for Europe – Europe for Youth – Powervet”, cofinanciado pela UE através do Programa Operacional “Knowledge Education Development”.

 

Gadget Priority mostra-se na Alemanha

Gadget Priority na AlemanhaA Gadget Priority, empresa do Parque Tecnológico de Óbidos, volta a marcar presença na Ham Radio, uma das maiores feiras de radioamadorismo do mundo.

Ao evento, que atrai expositores e visitantes de mais de 32 países a Friedrichshafen, na Alemanha, a Gadget Priority leva os produtos que desenvolve – rádios, antenas e gadgets -, além de tirar partido, através da partilha de contactos e experiências, daquele que é um dos maiores pontos de encontro mundiais entre profissionais e entusiastas da comunicação por rádio.

A feira decorre de 01 a 03 de junho.

“O Benefício” representa Portugal na EU Transit Tirana Farm

Licor de Ginja - Edição Óbidos_2A empresa “O Benefício”, incubada na Startup Lisboa e com sede no Parque Tecnológico de Óbidos, acaba de regressar de Tirana, Albânia, onde esteve a participar na EU Transit Tirana Farm. A startup foi convidada a falar sobre a sua arquitetura de negócio, “uma visão que não esmaga quem produz e que acredita que a chave para o sucesso está no trabalho colaborativo”, tendo sido a única empresa portuguesa a marcar presença.

Desenvolvido pela FIAA (Foreign Investors Association), a maior associação empreendedora albanesa, e promovido pelo município de Tirana e pelo Ministério da Economia albanês, o EU Transit Tirana Farm decorreu nos dias 19 e 20 de maio.

Voltado para empresários e empresas europeias, este certame teve como objetivo apresentar os mais bem-sucedidos modelos de negócio, e promover a troca de experiências destes empreendedores de forma a impulsionar o investimento no setor agrário. Dois dias inteiramente dedicados ao networking e à partilha de histórias de sucesso e de boas ideias.

Ricardo Nunes, cofundador do “Benefício”, afirmou tratar-se de uma boa oportunidade para “abrir novos mercados, partilha de know-how e captação de novos produtores”.

“O Benefício” é uma editora de produtos cuja missão incide em desenvolver artigos de alto valor acrescentado, sem esmagar quem produz, colocando no mercado séries de 100 unidades personalizadas. A cocriação, segundo “O Benefício”, potencia a qualidade e a diferenciação, sendo três os produtos desenvolvidos conforme estes valores: o Azeite Virgem Extra, a Mochila Benefício – Série Beltimore e o Licor de Ginja. Todos partilham de métodos artesanais promovendo o talento local e valores de sustentabilidade.

“A nossa especialização é a qualidade e estamos sempre à procura de novos parceiros que partilhem da nossa visão”.

Para breve espera-se ainda o quarto produto do Benefício, que já está disponível para pré-reserva, no site da empresa. No entanto, “Ninguém sabe o que é, mas vai ser incrível!”.

Doctor Spin no Corporate Café

SpinDr_ObidosParque (14)Miguel Alpoim Ruas, founder da Doctor Spin, empresa de consultoria de comunicação e assessoria de imprensa especializada em startups e projetos em fase inicial, foi o convidado de mais um Corporate Café.

Neste encontro de networking, que decorreu quarta-feira, 16 de maio, Miguel Ruas trouxe-nos os princípios básicos da assessoria de imprensa, e ainda dicas sobre como criar uma boa relação com os jornalistas e posicionar a reputação das empresas junto dos media.

Blockchain - cartaz finalO que é, para que serve, como funciona, que impactos tem e terá nas empresas, são algumas das questões que vão estar em análise esta sexta-feira, no Parque Tecnológico de Óbidos, durante uma série de talks sobre o tema “Blockchain”.

Um dia de partilha e aprendizagem, que será também preenchido com a apresentação de projetos e intervenções sobre Turismo Criativo e Marketing Digital para a Hotelaria.

Inscrições gratuitas mas limitadas para o email conversasimprovaveis@myoeste.pt.

 

Responsáveis da Educação defendem aposta num ensino mais “experimental”

Sessão de abertura - STEM Discovery DayUm ensino mais experimental, atrativo e motivador, que acompanhe a inovação, as novas tecnologias, e que seja capaz de preparar os jovens para aquilo que é a realidade do mercado. O modelo foi defendido esta terça-feira por responsáveis da área da Educação no STEM Discovery Day, um encontro dedicado à importância da gamificação e à promoção das STEM nas salas de aula, e que juntou perto de uma centena de professores, alunos e empresas no Parque Tecnológico de Óbidos.

“Se queremos futuros cidadãos do século XXI, precisamos de pessoas para quem o ato de aprender seja um ato de felicidade. Precisamos de alunos, de futuros cidadãos que gostem de aprender”, começou por afirmar, na ocasião, José Vítor Pedroso, diretor-geral da Educação.

“As STEM (acrónimo de Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática) vivem-se praticando. É preciso que o ensino seja experimental, que se faça, que se realize, que seja atrativo (…). As aulas têm de ser um momento de prazer, de descoberta, e que alimentem a curiosidade dos alunos. Têm de ser um espaço de trabalho colaborativo. É preciso que os nossos alunos aprendam a trabalhar em colaboração e que esse aprender resulte também de professores que trabalham de uma forma colaborativa, interdisciplinar. É esta escola que vai dar resposta aos desafios de hoje”.

Na mesma linha, Maria do Céu Santos, diretora do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, afirmou que “os alunos aprendem efetivamente mais, fazendo. O que vai no sentido do dia de hoje: aprender com os jogos, com a prática”. Também “a saída da sala, da escola, e a aproximação às empresas, ao ‘mundo real’, é fundamental”.

Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal de Óbidos, reconheceu que “quem pensa a coisa pública e a escola pública do futuro tem um enorme desafio pela frente, porque estas gerações vão mudando o seu foco e temos de acompanhar esta dimensão. Fico feliz quando o Mundo discute aquilo que é efetivamente importante na Educação e fico feliz por perceber que existem empresas a perceber que a Educação está para além das paredes da escola”.

“É possível utilizar os jogos como ferramenta educativa”

Num dia dedicado a discutir e a experimentar dinâmicas ligadas às STEM e à gamificação, Manuel Pimenta, Lead Gamification Designer da Fractal Mind, afirmou que “é possível utilizar os jogos como ferramenta educativa. Está provado, há dados, resulta. Basta ter vontade e abertura para o fazer”.

O jogo é “uma viagem de aprendizagem”, com “uma ligação direta às nossas emoções”. “Obriga-nos a pensar de forma criativa, faz-nos procurar a novidade. Desafia-nos regularmente”, servindo para socializar, para ultrapassar obstáculos. “Não é só entretenimento. Há sempre uma aprendizagem”.

Refira-se que o STEM Discovery Day foi promovido pelo Parque Tecnológico de Óbidos, Direção-Geral de Educação, município de Óbidos e CFAE – Centro Oeste. O evento fez parte da STEM Discovery Week 2018, uma iniciativa internacional conjunta que convida projetos, organizações e escolas de todo o mundo a celebrar percursos profissionais e estudos nas áreas da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM).

Parque tecnológico acolhe STEM Discovery Day

cartaz_STEMCorridas de robôs, exercícios de radiolocalização, construção de APPs e ainda conferências para debater, analisar e refletir sobre a importância e o impacto da Gamificação e das STEM na Educação. Eis as iniciativas-âncora do STEM Discovery Day, um dia de descoberta, partilha e aprendizagem que o Parque Tecnológico de Óbidos promove, no próximo dia 24 de abril, em conjunto com a Direção-Geral da Educação, município de Óbidos e CFAE – Centro Oeste.

O evento está integrado na STEM Discovery Week 2018, uma iniciativa internacional conjunta que convida projetos, organizações e escolas de todo o mundo a celebrar percursos profissionais e estudos nas áreas da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM). O slogan para a campanha deste ano – “Say Yes to STEM” – sugere o apoio e a dedicação dos parceiros a estas disciplinas. Decorre de 23 a 29 de abril, um pouco por todo o mundo.

No contexto do ensino, o termo STEM assume a função não só de identificar as quatro áreas a que se refere o acrónimo (em inglês), como também de as interligar, promovendo uma aprendizagem interdisciplinar. Defende-se por isso que projetos que interligam as STEM incentivam a motivação e a colaboração dos alunos, encontrando-se, entre os melhores exemplos deste tipo de aprendizagem, as aulas de Programação e Robótica.

O STEM Discovery Day é promovido pelo Parque Tecnológico de Óbidos, Direção-Geral da Educação, município de Óbidos e CFAE – Centro Oeste.

 

INSCRIÇÕES EM:

https://www.facebook.com/events/201309780470063/

http://questionarios.dge.mec.pt/index.php/543535/lang/pt

 

PROGRAMA

9:30 – 10:00 – Receção aos participantes

10:00 – 10:15 – Sessão de abertura
Humberto Marques – Presidente da Câmara Municipal de Óbidos
Miguel Silvestre – Diretor-Executivo do Parque Tecnológico de Óbidos, OBITEC
Nicolau Borges – Diretor do Centro de Formação Associação de Escolas do OESTE
José Vítor Pedroso – Diretor-Geral da Direção-Geral da Educação

10:15 – 11:00 – Conferência: “A importância da Gamificação nas STEM”
Manuel Pimenta – Lead Gamification Designer da Fractal Mind
Moderação: Teresa Godinho – Direção-Geral da Educação

11:00 – 11:15 Pausa para café

11:15 – 12:30 - Painel: “A promoção das STEM na Educação”
Tomás Lamberto – Aluno do CENFIM – Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, núcleo de Caldas da Rainha
Maria do Céu Santos – Diretora do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro, Caldas da Rainha
Sara Cardeira – Corporate Citizenship & Corporate Affairs IBM
José Miguel Sousa – Representante da Academia STEM de Mangualde
Moderação: Miguel Silvestre – Diretor-Executivo do Parque Tecnológico de Óbidos, OBITEC

12:30 – 13:30 – Visita ao Parque
Visita aos Edifícios Centrais do Parque Tecnológico de Óbidos

13:30 – 14:30 – Almoço

14:30 – 16:30 – Workshops
– Projetos Multidisciplinares com Micro:Bits – Miguela Fernandes, AE da Batalha
– Vem construir a tua APP! – Cláudio Santos e Márcio Rangel, IGESTAR
Robot Racing – Henrique Fidalgo, deCode – Academia de Programação e Robótica, OBITEC
– Radiolocalização, busca e radiogoniometria – Experimentar as Ondas Hertzianas – António Matias, Gadget Priority

Newoxygen no “Barcelona Innovation Summit”

IMG_1099A Newoxygen Consultoria Informática marcou presença no “Barcelona Innovation Summit”, o segundo dos três grandes encontros que compõem o SMB Innovation Summit 2018.

Depois da cidade de Ho Chi Minh, no Vietname, e da cimeira em Barcelona, que terminou dia 12, segue-se Orlando, na Flórida, de 18 a 20 de abril.

De referir que o SMB Innovation Summit 2018 é considerado o evento de inovação e tecnologia do ano para parceiros SAP.

Porter apresenta-se na Bolsa de Valores de Shenzhen

Bolsa de Valores ShenzhenBeijing (Pequim), Tsingtao e agora Shenzhen. Desde que chegou à China com o programa de aceleração FORGE, a Porter, startup do Parque Tecnológico de Óbidos, já realizou várias apresentações para potenciais investidores. A próxima terá lugar já esta quinta-feira, 12, na Bolsa de Valores de Shenzhen.

“Temos estado a construir relações com fabricantes e a explorar oportunidades de negócio. Já fomos contactados por algumas grandes empresas nacionais”, contam os seus fundadores, Leonardo Lino e Pedro Esteves.

Recorde-se que a Porter foi uma das 10 tecnológicas selecionadas pelo programa de aceleração FORGE para crescer no mercado chinês. Depois de uma primeira fase de trabalho no Reino Unido, a Porter rumou à China à procura de “mais fabricantes para a plataforma Porter” e de “parcerias, a fim de implementar o sistema [de abertura de portas e controlo de acessos com uma única aplicação móvel] naquele país”.

A viagem à China é a segunda fase do programa de aceleração FORGE. Inclui, durante quatro semanas, sessões de mentoring e outras ações, desenhadas para que as startups possam reforçar as suas capacidades de engenharia e distribuição, conhecer e explorar o mercado, construir uma rede de contactos, mas também trabalhar potenciais oportunidades de investimento. O programa contempla ações em Pequim, Xangai e Shenzhen, a ‘capital’ chinesa em desenvolvimento e conceção de Hardware.

Sobre a Porter

Startup promissora na área da IoT (Internet of Things), a Porter – Smart Keyless System criou um sistema inovador de abertura de portas e controlo de acessos, possível através de uma única app.

Com o apoio do Parque Tecnológico de Óbidos, em 2016 levou o projeto à Web Summit, onde viu validada a sua ideia de negócio.

Nasce em 2017, ano em que foi selecionada para o programa de aceleração Startupbootcamp de Amesterdão dedicado a Smart Cities [cidades inteligentes].